Notícias

Moradia e Cidadania MG realiza doação de cestas básicas para catadores da Redesol

Ao todo, oito associações da Região Metropolitana de BH foram contempladas (Fotos: Diego Cota)

A Ong Moradia e Cidadania de Minas Gerais realizou a doação de cestas básicas para catadores dos empreendimentos filiados à Cooperativa Central Rede Solidária dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis de Minas Gerais (Redesol), localizados na Região Metropolitana de Belo Horizonte e interior do estado. A distribuição foi feita na sexta-feira (17/04), na sede da rede, localizada no Bairro São Salvador, em Belo Horizonte.
 

Essa é uma ação emergencial que tem como objetivo diminuir o impacto da pandemia do Coronavírus para esses trabalhadores, como explicou a gerente estadual da Ong Moraria e Cidadania MG, Flávia Carvalho. “Com o isolamento social, os catadores de materiais recicláveis tiveram suas atividades suspensas. Assim a Moradia e Cidadania decidiu fornecedor as cestas básicas. Entendemos que essa ação é uma das missões da instituição, de promover a cidadania para populações em situação de vulnerabilidade social”, disse.
 
 

Além de decretos municipais e estadual determinando o isolamento social, uma das medidas governamentais para frear a propagação do vírus, que causa a doença Covid-19, foi a suspensão dos serviços de coleta seletiva em diversas cidades, após orientação da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes). Com isso, os catadores se encontram sem sua principal fonte de renda.

A catadora da Associação Mãos Amigas, de Sabará, Genessi Ferreira, destacou a importância da ação solidária promovida pela Ong. “A cesta doada chegou em boa hora e vai fazer toda diferença na nossa mesa. Ela veio em um momento especial. Apesar da crise que estamos passando, ainda existem entidades com muita solidariedade, que vem nos ajudando”, afirmou.

A Moradia e Cidadania se fez presente durante a trajetória da rede no auxílio ao desenvolvimento, dentro dos princípios da economia solidária. A presidente da Redesol, Ivaneide da Silva Souza, fez questão de ressaltar ao falar do apoio. “As associações da Região Metropolitana, em sua maioria, não tinham recebido nenhum auxílio. Então, a Ong está garantindo a alimentação dessas pessoas. Ela não esquece dos catadores e tem sido um grande apoiador da rede”, contou.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.