Projetos

1ª Oficina do Projeto MUITAS

A Moradia e Cidadania MG, parceira na realização do PROJETO MUITAS, convida para Oficina de Alimentação, Nutrição e Restrição Alimentar a ser realizada no dia 25 de junho, das 8h30 às 17h30, na sede da ONG Nova Geração Brasil, na cidade de São João Del Rey.

O PROJETO MUITAS é uma colaboração de caráter solidário visando melhor condição de vida e socialização de grupos de mulheres rurais que vivem no interior do estado de Minas Gerais, abrangendo núcleos de economia solidária na região “Campo das Vertentes”.

A Moradia e Cidadania colabora diretamente com a assessoria técnica de sua equipe.

Para cego ver: Fundo abstrato com dizeres sobre a organização da oficina e informações gerais sobre o projeto.  Texto literal: Oficina Alimentação, Nutrição e restrição Alimentar. A Coordenação do PROJETO MUITAS convida para participação na 1ª OFICINA "Alimentação, Nutrição e Restrição Alimentar, a ser realizada no dia 25 de junho de 2018, das 8h30 às 17h30, na sede da ONG Nova Geração Brasil - São João Del Rey / MG.  O projeto MUITAS é uma colaboração de caráter solidário visando melhor condição de vida e socialização de grupos de mulheres rurais que vivem no interior do estado de Minas Gerais, abrangendo núcleos de economia solidária na região "Campo das Vertentes".  Programação: 8h30 - Acolhida, inscrição, café mineiro e credenciamento 9h50 - Mística de abertura 10h às 2h - Alimentação e Nutrição para pessoas com restrições alimentares 12h - Almoço 13h às 17h - Oficina prática 17h às 17h30 - Avaliação e encerramento  contato e informações: projetomuitas2018@gmail.com  Projeto: Muitas Patrocínio e realização: FASFI - Fundacion Ayuda Solidaria Hijas de Jesus Apoio e parceria: Movimento do GRAAL no Brasil, Grupo de Mulheres da Economia Solidária MG e Moradia e Cidadania.

I Campeonato Cricket na Comunidade 2017

Com a presença de 12 equipes de projetos sociais e mais de 120 crianças, o Campeonato Cricket na Comunidade teve sua primeira edição no Estádio Ronaldão, com o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer e a ONG Moradia e Cidadania.
O Campeonato vem sendo realizado desde 2015 e é um sucesso entre os projetos. As equipes são divididas em grupos A e B, de acordo com a idade dos atletas e tempo de aulas de cricket, assim permitindo que todos tenham oportunidade de jogar e se inspirar.

O Campeonato teve cobertura da mídia local, além de contar com a presença de diversas autoridades do poder executivo e legislativo da cidade.

A Moradia e Cidadania presta apoio na aquisição de materiais e insumos para execução das atividades.

      

Cricket na Comunidade

O projeto “Cricket na Comunidade”, em Poços de Caudas, comemora entrega os uniformes para os projetos contemplados com o apoio da ONG Moradia e Cidadania.
Receberam os uniformes, 285 crianças participantes dos projetos sociais: PMJ Vilas Unidas, PMJ Santa Maria, Casa do Caminho, Galpão das Artes e Lar Criança Feliz.

A Moradia e Cidadania presta apoio na aquisição de materiais e insumos para execução das atividades.

Contato:
(41) 9.9671-9164 – www.cricketbrasil.org

Encerramento projeto “Cooperativa Sustentável”

No ano de 2016 nossa equipe percorreu Belo Horizonte pelas cooperativas COOMARP, COOPERSOLI, COOPEMAR, ASSOCIRECILE e COOPERSOL VENDA NOVA com o desafio de implantação e treinamento para uso do novo sistema de gestão, o software Catafácil.

Realizamos um trabalho intenso de acompanhamento dos processos de recebimento de sucata e materiais, triagem, pesagem, empacotamento e prensagem, estoque e venda. Estes processos ocorrem de forma peculiar nas cooperativas integrantes da REDESOLMG e a utilização do software “Catafácil” torna-se de suma importância na unificação de informações. Da mesma maneira, torna-se uma ferramenta eficaz na emissão de notas fiscais e gestão financeira.

Durante o processo de implantação e treinamento enfrentamos juntos diversos desafios, que foram sistematizados em um livreto impresso e distribuído às cooperativas e parceiros.

O encerramento do projeto “Cooperativa Sustentável – Capacitação para utilização do software Catafácil” e certificação dos catadores ocorreram no dia 22 de agosto de 2017, no Espaço de Eventos Unimed-BH.

Esperamos que as cooperativas possam colher os frutos deste bem sucedido empreendimento, que nesta data certifica 28 pessoas, capacitadas à operar o software de gestão Catafácil.

Agradecemos ao Instituto Unimed-BH, pelo apoio financeio, a REDESOLMG pelo apoio político e empenho na realização deste projeto, a BAZO Soluções, pela sua colaboração irrestrita no suporte de demandas recorrentes durante a execução deste empreendimento.

Manuel Alejandro (coord. projeto)

Atuamos desde 2008, no desenvolvimento e fortalecimento das cooperativas de materiais recicláveis, para comercialização em rede.

Dentre as diversas ações que já realizamos para promoção dos catadores de materiais recicláveis destacamos a formalização da central de cooperativas como principal ação estruturante. Marco para profissionalização dos catadores, que deixam de organizar-se apenas como “movimento” e passam a compor um empresa solidária com legitimidade e presença no campo econômico. Em seguida a estruturação do escritório central da REDESOLMG e o fortalecimento das lideranças, como ação de empoderamento que proporcionou a abertura política estabelecendo parcerias e convênios com o poder público de cada localidade. Também promovemos a informatização das cooperativas, através da instalação e manutenção de computadores, internet e  capacitação para melhoria dos processos administrativos.

Convite – Encerramento 2ª Fase – Projeto “Cooperativa Sustentável”

A Moradia e Cidadania-MG atua, desde 2008, no desenvolvimento e fortalecimento das cooperativas de materiais recicláveis, para comercialização em rede. Para atingir estes objetivos diversas atividades já foram realizadas com a REDESOLMG, tais como: formalização da central de cooperativas, estruturação do escritório central, informatização das cooperativas, capacitação para melhoria dos processos administrativos, dentre outros.

Em parceria com o Instituto Unimed-BH realizamos a implantação do software de gestão “Catafácil” em cinco cooperativas da REDESOLMG. Durante o ano de 2016, foram realizadas ações de aquisição de equipamentos mais modernos para administração de cada cooperativa, instalação e treinamento de 27 catadores para utilização do software.

Como desdobramento desta ação foi oferecido uma capacitação avançada para promoção das habilidades de Controle de Vendas e Fluxo de Caixa.

“O projeto Cooperativa Sustentável, em operação desde 2011, é desenvolvido pelo Instituto Unimed-BH e atua no desenvolvimento da gestão e do processo produtivo das cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis de Belo Horizonte, beneficiando mais de 120 catadores de materiais recicláveis”.

Para bater um papo e saber um pouco mais como tudo isso aconteceu, convidamos para o evento de encerramento desta etapa.

Solicitamos a confirmação da presença através do telefone: (31) 9.9925-0756 (whatsapp).

 

“Cricket na Comunidade” ganha apoio de Ong dos funcionários da Caixa Econômica Federal

A Ong Moradia e Cidadania passa a apoiar o projeto de cricket realizado na cidade de Poços de Caldas. A cerimônia de formalização da parceria com a Associação Brasileira de Cricket aconteceu nesta manhã na agência localizada no Vila Cruz.

Para o professor Matt Featherstone, responsável pelo sucesso do esporte na cidade, a parceria marca um novo ciclo no esporte de Poços de Caldas e vem para alavancar o cricket no cenário nacional e mundial. O patrocínio firmando ontem com a Caixa é o maior desde que os projetos foram implantados na cidade. “Foi uma data especial e nós dos projetos estamos muito felizes com esta parceria que muito vai ajudar as comunidades da cidade”, disse Featherstone.

Além de representantes do cricket local, como Featherstone e os professor Richard Avery, Roberta Avery e Alexandre Felipe, estiveram presentes Maristela Jorge Mitre, representante do Comitê Regional da Moradia e Cidadania, Ong dos funcionários da Caixa, Manuel Alejandro Casteñeda, gerente estadual de projetos sociais e culturais da Moradia e Cidadania, além de representantes da Caixa Econômica de Belo Horizonte. “Avaliamos todo o projeto e vimos aqui um grande potencial devido a atender um grande número de pessoas praticando cricket. O projeto de cricket realizado em Poços de Caldas se encaixa muito bem na nossa filosofia de apoio. Atende direta e indiretamente a uma grande quantidade de jovens num trabalho muito bem feito”, disse Casteñeda.

Durante o evento o professor Featherstone explicou como funcionam os projetos, mostrou um pouco sobre o esporte e destacou os resultados obtidos pelos atletas da cidade. Os cinco projetos beneficiados na cidade com o apoio da ong são Lar Criança Feliz, PMJ Vilas Unidas, Novo projeto Santa Maria, Novo projeto Galpão das Artes e Casa do Caminho.

Atualmente, cerca de 1.250 pessoas jogam cricket nos projetos de Poços. A expectativa é que com os novos projetos este número aumente para 1.600 praticantes na cidade.

Ong Moradia e Cidadania

A Moradia e Cidadania, em âmbito nacional, desenvolve projetos sociais, prioritariamente nas áreas de Educação e Geração de Trabalho e Renda a fim de contribuir com a inclusão social de famílias brasileiras. Em 2016, beneficiou cerca de 39 mil pessoas com os projetos sociais desenvolvidos em todo o país.

A Ong tem sido uma grande articuladora a favor da viabilidade de diversas ações estruturantes. Os projetos são desenvolvidos em parceria com a Caixa, instituições do Terceiro Setor e governos municipais, estaduais e federal.

Textos: Paulo Vitor Campor – Esporte Poços

Convite – Celebração de parceria entre Moradia e Cidadania e Associação Brasileira de Cricket

A Moradia e Cidadania convida para a cerimônia de formalização de parceria com a Associação Brasileira de Cricket que acontecerá no dia 20/07/2017 às 09:30hrs no auditório da GIHAB/GIGOV, Rua Nico Duarte, 905 – Vila Cruz em Poços de Caldas.

A parceria viabilizará a implementação do projeto “Cricket na Comunidade”, ação que já vem sendo desenvolvida desde o ano de 2011 com grande aceitação da população.

O projeto tem como objetivo primordial o resgate de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social agindo, por meio do esporte, no desenvolvimento pessoal, social e intelectual dos seus alunos e praticantes.

A parceria viabilizará a implementação do projeto nas entidades: Lar Criança Feliz, PMJ Santa Maria; Casa do Caminho, PMJ Vila Cruz, Galpão das Artes com prospecção de novas comunidades para implementação, entre elas a do Parque Itamarati em Poços de Caldas, onde há dois grandes residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida entregues pela CAIXA.

O cricket é um esporte de origem inglesa que surgiu no século XVI sendo hoje o segundo mais praticado no mundo.

No Brasil, “o mais expressivo crescimento do cricket juvenil se deu particularmente em Poços de Caldas, cidade que fez campeões Sul-Americanos na categoria sub-13.

Em Poços de Caldas, o esporte vem sendo introduzido desde 2010 atendendo hoje a aproximadamente 1250 crianças e adolescentes.

Moradia e Cidadania auxilia Caravana da Economia Solidária para Santa Maria-RS

A coordenação estadual da Moradia e Cidadania-MG contribuiu com a alimentação da Caravana de Minas Gerais para a Feira de Santa Maria – 13ª Feira de EcoSol – Feira Latino Americana de Economia Solidária e 24ª FEICOOP – Feira Internacional do Cooperativismo, que aconteceu de 07 a 09 de julho em Santa Maria – RS.

A caravana com 50 integrantes da Economia Solidária partiu com o objetivo de fortalecer a rede de comercialização de produtos através da capacitação dos participantes, formação nos principais temas da ECOSOL, troca de experiências e intercâmbio de processos produtivos.

A Moradia e Cidadania atua como entidade de assessoria e fomento na economia solidária em Minas Gerais e ocupa a cadeira da secretaria executiva do fórum municipal de Belo Horizonte.


Quero agradecer em nome do Grupo Imani Anna a contribuição que a Ong Moradia e Cidadania deu para a viagem da Caravana de Minas Gerais para a Feira de Santa Maria. Muito além dos produtos vendidos lá, foi importante para nós do grupo a troca de vivências na EPS de vários lugares do Brasil.

O que a vida exige de nós na atual conjuntura do Brasil é coragem!
Coragem para refletir os nossos passos,
Coragem para recomeçar sempre,
Coragem para unirmos.

E chegar num local, que tinha tantas pessoas de vários lugares diferentes desse nosso enorme Brasil, falando sobre maneiras de viver a economia solidária bem na prática de forma simples sem expectativas grandiosas, mas apenas viver com dignidade e prazer, me fez voltar recarregada para continuar o nosso trabalho no grupo e no movimento.

Agradeço de coração, pois vocês fizeram e fazem parte disso tudo“.

Gratidão.
Ana Paula
Grupo Imani Anna

Doação para grupos da EPS

Aconteceu no dia 09 de Setembro de 2015 a doação de 10 computadores para a rede de alimentação da economia solidária da região metropolitana de Belo Horizonte.

Foram contemplados os grupos:
ASSOCIAÇÃO DE SALGADEIRAS DA PAMPULHA
PÃO DA VIDA
AMIGOS DA XICA
DELÍCIAS DE ESMERALDAS
BE HAPPY
SABOROSO

A Moradia e Cidadania presta apoio à grupos que integram a economia popular solidária através do coletivo Arte Mostra Solidária que reúne os segmentos de artesanato, confecção, culinária e higiene e limpeza.

Nosso desafio é proporcionar a melhoria da qualidade de vida e a geração de trabalho e renda para os grupos com a promoção de ações que viabilizem a comercialização dos produtos produzidos.

 Integrantes da rede de alimentação da economia popular solidária da região metropolitana de Belo Horizonte

Cerimônia de encerramento do convênio com o Instituto Cooperforte

Desafios e Possibilidades foi o tema da cerimônia de encerramento do convênio com o Instituto Cooperforte, no último dia 22 de outubro, para o projeto Estruturação de grupos produtivos de confecção da Região Metropolitana de Belo Horizonte que teve como objeto “Contribuir para a geração de trabalho e renda e melhoria no desempenho produtivo para grupos de confecção têxtil” executado através da Anefs-Agência de Negócios e Fomento Solidário.

A Anefs foi criada por meio de cooperação técnica com o BID em 2010, e construiu em parceria com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, o ambiente de assessoramento aos grupos que integram a Economia Popular Solidária. A Anefs tem como premissa “Articular parcerias com o setor privado, para o estabelecimento de uma cooperação comercial que proporcione trabalho aos grupos assessorados”.

O evento ocorreu no auditório do centro público de economia solidária de Belo Horizonte, onde foram pontuados os principais indicadores obtidos com a execução do projeto.

Estiveram presentes o senhor Rogério Fernandes secretário adjunto da secretaria municipal de trabalho e emprego – SMATE, o senhor Sérgio Paulo e Geraldo Antônio representantes da Cooperforte, Ediglene Pereira analista de projetos do Instituto Cooperforte, Vânia Resende Debien coordenadora estadual da Moradia e Cidadania e também representante da Caixa Econômica Federal, Manuel Alejandro assistente estadual de projetos, Maria Lúcia gerente de economia popular solidária da prefeitura municipal de Belo Horizonte, Carmem Regina do Instituto Marista de Solidariedade, Aelson Pereira (Cheiro) presidente da rede de confecção e grupos produtivos da economia popular solidária Tecer Minas e representantes das demais redes integrantes da economia popular solidária.

Agradecemos especialmente pela cooperação comercial e reconhecimento das empresas EMCASA e EMCCAMP, que acreditaram e investiram no projeto por meio da aquisição de produtos da Rede Tecer Minas.

Momento da cerimônia

Indicadores