Notícias

Aprovação das contas do exercício de 2012 e 2013

Prezado(a) associado(a),

A Moradia e Cidadania realizará, nos dias 21,22 e 23 de outubro de 2015, a Assembléia Geral Ordinária, para a aprovação das contas do exercício de 2012 e 2013.

A exemplo dos outros anos, as votações serão realizadas por meio eletrônico, pelo site da Moradia e Cidadania.

Solicitamos, que cada associado(a), verifique no link:
http://www.moradiaecidadania.org.br/aprovacaocontas/, se o seu cadastro está atualizado.

Orientações adicionais podem ser solicitadas pelo e-mail: comunicacao.moradia@gmail.com com Thaís.

Presidência Executiva
Equipe de Comunicação

 

 

Aprovação das contas do exercício de 2012 e 2013

Prezado(a) associado(a),

A Moradia e Cidadania realizará, nos dias 21,22 e 23 de outubro de 2015, a Assembléia Geral Ordinária, para a aprovação das contas do exercício de 2012 e 2013.

A exemplo dos outros anos, as votações serão realizadas por meio eletrônico, pelo site da Moradia e Cidadania.

Solicitamos, que cada associado(a), verifique no link:
http://www.moradiaecidadania.org.br/aprovacaocontas/, se o seu cadastro está atualizado.

Orientações adicionais podem ser solicitadas pelo e-mail: comunicacao.moradia@gmail.com com Thaís.

Presidência Executiva
Equipe de Comunicação

Moradia e Cidadania 15 anos

Faça parte você também!

Já se foram 15 anos de atuação, em todo o Brasil, na busca da igualdade de oportunidades e melhoria da qualidade de vida das pessoas.
PARABÉNS para VOCÊ ASSOCIADO que acredita e contribui para a construção de uma sociedade melhor e mais solidária.

Faça parte você também!

Doação para grupos da EPS

Aconteceu no dia 09 de Setembro de 2015 a doação de 10 computadores para a rede de alimentação da economia solidária da região metropolitana de Belo Horizonte.

Foram contemplados os grupos:
ASSOCIAÇÃO DE SALGADEIRAS DA PAMPULHA
PÃO DA VIDA
AMIGOS DA XICA
DELÍCIAS DE ESMERALDAS
BE HAPPY
SABOROSO

A Moradia e Cidadania presta apoio à grupos que integram a economia popular solidária através do coletivo Arte Mostra Solidária que reúne os segmentos de artesanato, confecção, culinária e higiene e limpeza.

Nosso desafio é proporcionar a melhoria da qualidade de vida e a geração de trabalho e renda para os grupos com a promoção de ações que viabilizem a comercialização dos produtos produzidos.

 Integrantes da rede de alimentação da economia popular solidária da região metropolitana de Belo Horizonte

Coordenação participa de reunião técnica estadual com temática da EcoSol

Ocorreu nos dias 11 e 12 de agosto a reunião de trabalho da secretaria de estado de trabalho e desenvolvimento social – SEDESE.

A Moradia e Cidadania qualificada como entidade de assessoria e fomento – EAF, também participou do evento que dentre outros assuntos teve como foco a seguinte pauta:

1. Análise político-institucional e debate sobre estratégias para fortalecimento da Economia Solidária
2. Socialização de informações sobre convênios e parceiras com a SENAES/MTE
3. Apresentação e debate do plano estadual de economia popular solidária.
4. Ato de adesão ao cadastro nacional de empreendimentos de economia solidária – CADSOL
5. Desafios para inclusão socioprodutiva de catadores de materiais recicláveis
6. Informes situação da implantação do CATAFORTE 3 em Minas Gerais

Dentre as diversas autoridades presentes compareceu o secretário nacional adjunto da economia solidária Roberto Marinho.

A inclusão no Cadsol garante o acesso às políticas públicas nacionais para a Economia Popular Solidária (EPS) e habilita os empreendimentos a participarem dos processos de seleção de fornecedores da União, além de facilitar a obtenção de crédito subsidiado.

Antônio Roberto Lambertucci  Subsecretário de Trabalho e Desenvolvimento Social em ato solene de cadastro do primeiro empreendimento ao CADSOL

“É uma forma de reconhecimento dos espaços coletivos que viabilizam o trabalho e a produção associados. A adesão ao Cadsol é uma condição de acesso desses trabalhadores às políticas públicas”, ressaltou Marinho.

Momento da Reuniao Economia Popular Solidária

“A Economia Solidária tem grande valor, principalmente neste momento em que temos de enfrentar uma onda conservadora. Fica bem claro para Minas que precisamos buscar formas múltiplas de inclusão produtiva e o termo de adesão caminha neste sentido”, enfatizou o secretário de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, André Quintão.

Feira Internacional de Economia Solidária

Nos dias 10 a 12 de julho foram realizadas na cidade de Santa Maria/RS a 11ª Feira de Economia Solidária e a 22ª Feira Internacional de Cooperativismo.

A Moradia e Cidadania esteve presente e foi representada por Flávia Carvalho, gerente estadual, da coordenação de Minas Gerais (no centro da foto).

Parte da comitiva de Minas Gerais com Paul Singer

Parte da comitiva de Minas Gerais com Paul Singer

A Feira recebeu 245 mil visitantes, provenientes da Alemanha, Argentina, Áustria, Brasil, Chile, China, Colômbia, Espanha, Equador, Hungria, Itália, Nicarágua, Paraguai, Peru, Senegal, Uruguai, os quais representam três continentes (África, Europa e América do Sul). Houve a presença de 27 Estados Brasileiros e Distrito Federal, com 556 municípios representados. A Feira também contou com a presença de 27 Fóruns Estaduais de Economia Solidária, Fórum Brasileiro de Economia Solidária e mais de 800 grupos expositores.

Foram expostos cerca de 10 mil produtos, entre: agroindústria familiar, artesanato, alimentação, hortifrutigranjeiros, plantas ornamentais, serviços, e produtos de povos indígenas.

Os eventos de Economia Solidária foram promovidos pelo Projeto Esperança/Cooesperança, da Arquidiocese de Santa Maria, com apoio de Cáritas, Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego (Senaes/MTE), entre outras entidades.

Em Belo Horizonte a Moradia e Cidadania está apoiando um coletivo de grupos intitulado Arte Mostra Solidária. O coletivo conta hoje com a participação de cerca de 50 grupos de economia solidária.

Na oportunidade do evento foram anunciados os vencedores do prêmio BNDES de Boas Práticas em Economia Solidária  “boas práticas” de Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) e suas Redes. Dentre os premiados destacamos a rede de empreendimentos  REDESOL MG que é apoiada pela Moradia e Cidadania MG.

Entrega do Prêmio Boas Práticas BNDES

Entrega do Prêmio Boas Práticas BNDES

Desafios da Economia Solidária

Nos dias 26 e 27 de junho, representantes do Grupo de Trabalho de Mulheres da Economia Popular Solidária de MG, dos Fóruns regionais, de entidades e dos empreendimentos se reuniram para refletir sobre os desafios e conquistas da Economia Solidária.

Representando a Moradia e Cidadania esteve presente a gerente estadual de administração e finanças Flávia Carvalho.

A Moradia e Cidadania é uma entidade de fomento e assessoria e presta apoio à economia solidária no estado de Minas Gerais através dos fóruns metropolitano de Belo Horizonte e Estadual.

Boas Festas!

A Moradia e Cidadania agradece o apoio, a confiança de todos os associados e colaboradores durante o ano de 2014 e deseja a todos um excelente Natal e um próspero Ano Novo.

A Moradia e Cidadania agradece
o apoio, a confiança de todos os associados
e colaboradores durante o ano de 2014
e deseja a todos um excelente Natal
e um próspero Ano Novo.

Boas Festas!

Palestra para CIPA

Foi realizado no dia 06 de novembro, palestra com a temática ambiental “Coleta Seletiva Solidária” para a CIPA dos funcionários da SR-Centro de Minas da Caixa Econômica Federal, em Belo Horizonte, pelo assistente estadual de projetos Manuel Alejandro.
Manuel Alejandro - Assistente estadual de projetos
Foram apresentadas informações sobre a parceria da Moradia e Cidadania e a REDESOL, que possui convênio com a superintendência e outras unidades para o recolhimento e destinação correta dos resíduos sólidos em toda a região metropolitana de Belo Horizonte.

Na ocasião foi exibido o filme “MIDWAY – Efeito dos humanos em uma ilha no Oceano Pacífico“, utilizado para sensibilizar os participantes da importância das pequenas contribuições. O vídeo retrata uma ilha com pássaros que acabam morrendo por confundirem o plástico com alimento.

Convidamos você e todos os colegas a fazer parte desta corrente do bem. Associe-se hoje mesmo! O valor da contribuição é de apenas 1 Tícket alimentação por mês.

Sua contribuição será destina à projetos de credibilidade e transparência.
Participe!

Moradia e Cidadania 14 anos!

Só a participação cidadã é capaz de mudar o país. "Betinho"

Nossa história teve início há 21 anos, período em que a inflação era tão alta que as pessoas compravam hoje o que comeriam no mês seguinte, as cédulas possuíam tantos zeros que era possível ser milionário e, ainda assim, padecer na miséria.

Motivados por um sonho “mudar o mundo”, no mínimo o Brasil, essa foi a centelha que impulsionou à todos.
Membros de organizações juvenis, partidárias e religiosas… Mas foi um homem quem deu sentido à tudo isso e focalizou as ações que estavam sendo feitas, Brasil sem Fome, Comitê Ação e Cidadania e Natal sem Fome. Em meio a tantos nomes um: “Hebert José de Souza”, concebeu e dedicou-se ao projeto Ação da Cidadania contra a Fome e a Miséria e pela Vida.

Junto a ele um grupo de pessoas sensíveis, humanas e acima de tudo com vontade de mudar este cenário. Organizaram-se e fundaram os Comitês da Cidadania. As primeiras ações se fundamentaram na maior necessidade da época: a fome.
Como a mazela era ainda maior e outras áreas também foram detectadas, campanhas diversas se espalharam. Analfabetismo gigante, concentração e distribuição de renda, desemprego…

O comitês envolveram-se em centenas de campanhas, desde o sol escaldante em mutirões para arrecadação e distribuição de alimentos até a construção de moradias debaixo de chuvas incessantes… e perceberam que não possuíam ainda uma estrutura que conseguisse atender aquelas demandas.
O chamamento do Betinho atingiu fortemente toda a sociedade, mas fomos nós, os empregados da Caixa, os primeiros brasileiros a colocar em prática a Ação da Cidadania.

Foi então que em setembro do ano 2000 surgiu a Ong Moradia e Cidadania, criada pelos empregados da Caixa e com representação em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

Hoje é aniversário de fundação da Moradia e Cidadania, mas os parabéns são direcionados à você que faz parte desta história e esforço em busca do sonho de acordar em um mundo melhor e mais justo para todas as pessoas.

Parabéns!