Notícias

Moradia e Cidadania recebe IX Prêmio Innovare pelo Projeto “Cidadania, direito sem litígio”

A Moradia e Cidadania recebeu no dia 19 de dezembro de 2012, em Brasília, a doação de R$ 50 mil da CAIXA, valor recebido no IX Prêmio Innovare pelo Projeto “Cidadania, direito sem litígio”, na categoria advogado. O objetivo da doação é fazer com que a CAIXA seja um exemplo que motive mais colaborações à ONG.

O Prêmio Innovare é uma iniciativa, datada do ano de 2004, do então Ministro da Justiça Márcio Thomas Bastos. A comissão de premiação é composta pelos principais dirigentes do Poder judiciário, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil e Advocacia Geral da União, além de contar com juristas renomados. O prêmio tem por objetivo contemplar iniciativas que contribuem para o aprimoramento da Justiça no país.

Na cerimônia de recebimento da doação do Prêmio, estiveram presentes representando a Moradia e Cidadania, a Presidente Terezinha Martins Parreira, a Gerente Nacional de Administração e Finanças Emília Roussos, a Auxiliar de Comunicação Camila Sanglard, o Diretor do Jurídico da CAIXA, Jailton Zanon, o Gerente Executivo Salvador Congentino e outros representantes da Diretoria Jurídica.

Jailton Zanon, disse que a Caixa vai continuar com o projeto e aumentar a quantidade de clientes beneficiados pela medida. “Esse prêmio tem muita ligação com o trabalho que vocês fazem na ONG. Para nós, que somos uma instituição pública, é muito importante receber um prêmio como esse. Ser contemplado por um instituto reconhecido como o Innovare nos dá forças para continuar”, afirmou.

Terezinha M. Parreira agradeceu a iniciativa e apoio da CAIXA e destacou que esse parceria é essencial para a instituição. “Tudo o que vem da CAIXA é de suma importância. Além de servir como exemplo na doação, receber o prêmio em si já foi fantástico. Para a ONG essa parceria é fundamental”, avaliou.

Representantes da Caixa e da Moradia e Cidadania

Projeto RCL recebe prêmio Telecentros Brasil

No dia 22 de novembro de 2012, a ONG Moradia e Cidadania participou em Brasília, da solenidade de reconhecimento ao trabalho de inclusão digital em rede, que vem desenvolvendo em articulação com outras organizações. Representando a ONG estiveram presentes Augusto Schwartz, Assistente de Comunicação da coordenação de Minas Gerais e Emília Roussos, Gerente Nacional de Administração e Finanças.

Em sua 4º edição, o prêmio é realizado anualmente pela Associação Telecentros de Informação e Negócios – ATN e tem como objetivo incentivar projetos que contribuam para a alfabetização digital, orientação, capacitação e inovação de Telecentros. A premiação visa também identificar, valorizar e dar visibilidade às iniciativas que promovam o desenvolvimento socioeconômico regional.

Foram sete categorias premiadas e a Moradia e Cidadania/MG por meio do Projeto RCL – Rede de Capacitação, Produção e Desenvolvimento Institucional Conhecimentos Livres, realizado em Belo Horizonte, recebeu o prêmio pela Categoria Inovação em Sustentabilidade Social. (mais…)

Ong dos funcionários da CAIXA é premiada nacionalmente

ATN Divulga os ganhadores do Prêmio Telecentros Brasil 2012.

É com imensa satisfação que a ATN informa os ganhadores do Prêmio Telecentros Brasil – Edição 2012.

Sintam-se todos abraçados e parabenizados por todos os Telecentros e pessoas que vocês representam, por toda a equipe da ATN e por todos os colaboradores dessa tão importante premiação.

Ressaltamos nossa imensa alegria em poder contribuir para a valorização de pessoas e iniciativas tão importantes para o desenvolvimento de nosso país. Parabéns pelos excelentes trabalhos que vocês realizam.

O país conta com vocês para continuar gerando oportunidades e melhorias na qualidade de vida de nossas comunidades.

A Associação Telecentro de Informação e Negócios – ATN e a Comissão Julgadora do Prêmio Telecentros Brasil, composta por representantes do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ministério de Minas e Energia, SEBRAE Nacional, Grupo TICKET, Intelbras, reuniram-se na última sexta-feira, 26 de outubro de 2011, às 15 horas na sala dos Conselhos do Ministério da Ciência e Tecnologia para os trabalhos de análise e julgamento dos projetos concorrentes à edição 2012 do Prêmio Telecentros Brasil – Edição 2012.

Entre várias e excelentes propostas, a Comissão elegeu os ganhadores das sete categorias (Alfabetização Digital, Orientação e Capacitação, Inovação em Sustentabilidade Social, Inovação em Sustentabilidade Ambiental, Inovação em Sustentabilidade Econômica, Telecentro Destaque e Personalidade do ano em Inclusão Digital) .

Destacamos, que a categoria Personalidade em Inclusão Digital escolhida pela Comissão Julgadora do prêmio, foi o renomado cientista Sr. Dr. Silvio Meira, homenageado pela excelência e importância de seus trabalhos para a inclusão digital e social no País. Observamos ainda, que a cada edição os projetos estão mais bem elaborados e melhor desenvolvidos.

É notável que os projetos têm cada vez mais aliado seus seguimentos de atuação às ações sociais de atendimento à pessoas com necessidades especiais, qualificação e inserção das comunidades ao mercado de trabalho. Merecendo, os ganhadores, sem dúvida, nossos parabéns e agradecimentos, pois desenvolvem com maestria ações de desenvolvimento social em seus municípios.

Abaixo segue um breve resumo das ações empreendidas pelos telecentros ganhadores do Prêmio Telecentros Brasil – Edição 2012 e resumo das ações desenvolvidas pelo Sr. Dr. Silvio Meira – Personalidade em Inclusão Digital:

Categoria Alfabetização Digital: Telecentro Eu-Cidadão – Inclusão digital e cidadania, da cidade de São Leopoldo no Rio Grande do Sul. Esse telecentro se destaca pelo excelente trabalho de inclusão social, por meio da inclusão digital de pessoas dependentes de álcool e drogas, pessoas advindas do sistema carcerário, além do atendimento ao público jovem e adolescente em situação de risco e vulnerabilidade social, outro destaque se dá pelo trabalho com os idosos e à comunidade indígena da região. O Projeto Eu-Cidadão desenvolve não apenas cursos direcionados de informática, mas oficinas de cidadania com ênfase em inclusão digital, divididas por módulos e construídas de acordo com a necessidade do público atendido e suas particularidades. O Projeto é um dos pioneiros na adesão do Programa de Voluntariado Acadêmico da Unisinos – PVA, cuja finalidade é o desenvolvimento pessoal, ético, cívico e social dos alunos dos cursos de graduação e sequenciais e consiste na participação, não remunerada e sob a forma de serviço voluntário, em práticas que propiciam formação social, solidária e cidadã, vinculadas aos projetos sociais da universidade.

Categoria Orientação e Capacitação: Telecentro de Informação e Negócios de Santarém, no Estado do Pará. Esse telecentro se destaca pelos excelentes trabalhos com os empreendedores regionais, mostrando excelência na gestão e oferta de cursos profissionalizantes para a comunidade e sua grande atuação na promoção da inclusão digital e social de Santarém.

Categoria Inovação em Sustentabilidade Social: Rede de Capacitação, Produção e Desenvolvimento Institucional Conhecimentos Livres. A Rede RCL de Belo Horizonte se destaca pelos excelentes trabalhos como rede de articulação e fortalecimento de instituições sociais, para oferta de capacitação em TI, e apoio para inserção de pessoas no mercado de trabalho e ao empreendedorismo, atuando em áreas de risco de Belo Horizonte. Nesse sentindo, a RCL inova na atuação como uma rede de formação social e um instrumento de reinserção de equipamentos obsoletos para o sistema atual no ciclo produtivo, contribuindo na inclusão social e profissional de crianças, jovens e adultos para uma sociedade mais sustentável. O projeto é uma iniciativa da ONG Moradia e Cidadania que tem empreendido ações orientadas para a reinserção de equipamentos eletro-eletrônicos e mobiliário de escritório na cadeia produtiva de bens culturais e projetos sociais visando a geração de trabalho e renda, capacitação para produção multimídia com utilização de software livre. O projeto tem realizado ações de articulação de redes de instituições e a instalação de laboratórios de informática com acesso a internet em comunidades menos favorecidas. São espaços de capacitação e desenvolvimento tecnológico, metodológico e educativo na apropriação do conhecimento e do universo digital. As maquinas são montadas com equipamentos produzidos na oficina de meta-reciclagem da Moradia e Cidadania, a partir dos computadores em desuso doados pela Caixa Econômica Federal. Atualmente integram o projeto 11 instituições, 09 da região metropolitana de Belo Horizonte. O Projeto beneficia inúmeras entidades e ao mesmo tempo, que forma jovens e qualifica os para a inclusão no mercado de trabalho. Desde o ano de 2005 a Rede atendeu 36 educadores no curso de capacitação e mais de 50 mil pessoas através das instituições que compõem a rede.

Categoria Inovação em Sustentabilidade Ambiental: CDI Amazônia, localizado em Manaus se destaca pelos excelentes trabalhos com orientação de descarte correto de equipamentos eletrônicos, educação ambiental e doação desses equipamentos para instituições sociais. Inovando com a proposta de franquia social, o projeto desenvolve ainda, diversas atividades voltadas para a inclusão social aliada à conscientização ambiental, transformando lixo tecnológico em matéria-prima, empregos, capacitação e educação socioambiental. Especializado na gestão de resíduos tecnológicos e com inovador processo que vem ao encontro às alternativas avançadas do segundo e terceiro setor para a coleta, reciclagem e destinação correta do lixo tecnológico, é também pioneiro na Amazônia, na disseminação do conceito descarte correto mobilizando pessoas, comunidades, empresas e governos, promovendo atividades como: palestras, eventos públicos e comunitários, gincanas, fóruns e seminários. Também através de parcerias com empresas, entidades e negócios sociais, implantaram através de convênios pontos de coleta. É referência no processo e serviços de manufatura reversa, separação de todos os componentes, dando destinação correta aos reutilizados e não-reutilizados, encaminhamos para empresas recicladoras que trabalham especificamente com cada um deles. Desenvolvem ainda programas de Responsabilidade socioambiental focados em três pilares: econômico – social – ambiental: Capacitação Profissional – Inclusão Digital – Educação Ambiental: Oferecendo o serviço de coleta, Manufatura Reversa, Destinação Sustentável, Destinação Social e Certificado de Destinação.

Categoria Inovação em Sustentabilidade Econômica: Telecentro de Ivinhema no Mato Grosso do Sul, se destaca pelos excelentes trabalhos desenvolvidos com o programa de Inclusão Digital que tem como principal meta a capacitação profissional e a geração de renda, Para Jovens e Adultos, oferecendo uma série de curso de qualidade e apoiando o desenvolvimento regional do município e por meio da produção de conhecimento, com o desenvolvimento econômico, social, político, social e cultural. As ações buscam proporcionar a melhora das condições de empregabilidade da população local, estimulando empresas a contratar pessoas que já concluirão cursos ou treinamentos ofertados pelo telecentros ou outras formas de qualificação do município, novas formas de rendas e um novo conceito de empreendedorismo é formado pela rede telecentro.

Categoria Telecentro Destaque: Centro de Recondicionamento de Computadores do Recife – Rede de Telecentros – Projeto PISAR se destaca pelos excelentes trabalhos de recondicionamento de computadores e doação desses equipamentos, atuando em áreas de risco de Recife. O CRC oferta os equipamentos de informática recondicionados em plenas condições operacionais para apoiar a disseminação de TELECENTROS comunitários e a informatização das escolas públicas e bibliotecas. O Projeto contempla diversas linhas de ação, dando ensejo a múltiplos impactos transformadores. Além disso, atua como espaços de qualificação profissional e de educação, atendendo aos jovens em situação de vulnerabilidade, propiciando a sua integração social e cidadania. Dentre as ações do CRC destacamos os Curso de Formação no Ofício de Recondicionamento de Computadores; Programa de Integração Sociodigital Apipucos em Rede – PISAR; Formação Cidadã; Oficina de Meta-arte; Robótica Livre Educacional; Produtora Colaborativa; Projeto de Educomunicação e o Expotec. As referidas ações já beneficiaram diretamente há cerca de 5.000 (cinco mil pessoas) advindas de 11(onze) cidades da Região Metropolitana do Recife, ultrapassando mais de 100(cem) bairros.

Categoria Personalidade em Inclusão Digital: Sr. Silvio Meira pela excelência e importância de seus trabalhos para a inclusão digital e social no País. Possui graduação em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1977), mestrado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (1981) e doutorado em Ciência da Computação – University of Kent at Canterbury (1985). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Pernambuco. No ano letivo 2012-2013, é Fellow do Berkman Center da Harvard University. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software, atuando nos seguintes temas: reuso de software, sistemas de informação, software livre, redes sociais, performance, métricas e qualidade em engenharia de software. Autor de cerca de uma centena de artigos científicos e tecnológicos publicados em congressos e revistas acadêmicas e de mais de duas centenas de textos sobre Tecnologia da Informação e seu impacto na sociedade, publicados na imprensa leiga e do setor de tecnologias da informação, supervisionou (desde 1985) mais de quarenta teses e dissertações de doutorado e mestrado em computação. Em sua trajetória profissional, foi pesquisador do CNPq por mais de 15 anos; concebeu e coordenou o programa temático multi-institucional em ciência da computação (protem-cc) do CNPq, criou e coordenou o programa de doutoramento em ciência da computação da Universidade Federal de Pernambuco; foi assessor da secretaria de política de informática do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação; foi membro do primeiro comitê gestor da Internet/br e presidente da Sociedade Brasileira de Comunicação; foi consultor do Banco Mundial e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento; foi um dos três cientistas que criaram o engenho de busca Radix.com e um dos arquitetos da Newstorm.com. Foi colunista do Jornal da Tarde, Agência Estado e da revista eletrônica NO. Recebeu, da Presidência da República, as comendas da Ordem Nacional do Mérito Científico (1999) e da Ordem de Rio Branco (2001); do Governo de Pernambuco o Grau Comendador do Quadro de Graduados Especiais da Ordem do Mérito dos Guararapes; já foi considerado, pela revista Info Exame, uma das cem pessoas mais importantes das tecnologias da informação no Brasil.

A ATN irá custear as passagens de um representante de cada telecentro ganhador e da personalidade em inclusão digital para virem receber as honrarias na cerimônia de outorga que irá realizar-se no dia 22 de novembro, no horário das 15 às 17 horas, no Auditório do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. receber as honrarias. Desde já todos os Telecentros do país e colaboradores estão convidados para juntar-se a nós na Cerimônia de Outorga da premiação.

Outras informações adicionais podem ser obtidas com a Senhora Rosiana Souza, coordenadora da premiação, pelos telefones (061) 3965-3309 ou (061) 3965-3399.

Atenciosamente,

José Avando Souza Sales
Diretor Geral ATN

Workshop Boas Práticas na Gestão de Organizações Sociais

A Associação Telecentro de Informação e Negócios – ATN em parceria com a IBM e com apoio da Alavanca Social, da ONG Moradia e Cidadania e da KNH Brasil promoveu o Workshop Boas Práticas na Gestão de Organizações Sociais no dia 30 de Outubro de 2012. O treinamento, que contou com a participação de diversas organizações da grande Belo Horizonte, foi gratuito e tem como objetivo aprimorar o conhecimento das Organizações do Terceiro Setor em conteúdos de gestão, além de promover a conexão, o intercâmbio das melhores práticas e oportunidades de networking.

A Moradia e Cidadania agradece a participação e envolvimento de todos para a realização deste importante evento.

Confira mais fotos no canal do facebook:

Workshop Boas Práticas na Gestão de Organizações Sociais

A Associação Telecentro de Informação e Negócios – ATN em parceria com a IBM e com apoio da Alavanca Social, da ONG Cidadania e Moradia e da KNH Brasil convidam para o evento Workshop Boas Práticas na Gestão de Organizações Sociais a ser realizado a partir das 08:00h do dia 30 de Outubro de 2012. Este treinamento é gratuito e tem como objetivo aprimorar o conhecimento das Organizações do Terceiro Setor em conteúdos de gestão, além de promover a conexão, o intercâmbio das melhores práticas e oportunidades de networking entre as instituições.

Sua presença é muito importante, participe, capacite sua equipe e contribua para a melhoria do desempenho das organizações sociais!
Para mais informações e participação, leia e preencha a ficha de inscrição no link http://www.atn.org.br/
Faça sua inscrição o mais breve possível, as vagas são limitadas.

Data: 30 de Outubro de 2012
Local: Ong Moradia e Cidadania – Avenida Augusto de Lima, 1454 – Bairro: Barro Preto.
Belo Horizonte – MG (Próximo ao Fórum Lafaiete).
Horário: 08:00h – 16:30h

A ficha de inscrição estará disponível neste site para efetivação da inscrição somente até o dia 26 de Outubro de 2012.

5ª Plenária Estadual de Economia Solidária

Nos dias 27, 28 e 29 de Setembro, a Moradia e Cidadania-MG, Entidade de Assessoria e Fomento, participou da 5ª Plenária Estadual de Economia Solidária em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Com o tema “Economia Solidária: bem viver, cooperação e autogestão para um desenvolvimento justo e sustentável”.

A plenária teve a imcubência de redigir e propor o texto base para a 5ª Plenária Nacional de Economia Solidária a se realizar em dezembro próximo em Brasília, teve também a tarefa de escolher os 48 delegados do estado, sendo 24 vagas para os empreendimentos da Economia Solidária-EES, 12 para as Entidades de Assessoria e Fomento-EAF e 12 para os Gestores Públicos-GT.

O representante da Moradia e Cidadania Manuel Alejandro, bem como Roseny Almeida do Instituto Marista foram eleitos delegados pela região metropolitana de Belo Horizonte.


Acesse o álbum com todas as fotos: http://tinyurl.com/8gt5jcs
Acesse aqui o site cirandas com o conteúdo na íntegra: http://tinyurl.com/8dxf5eu

Convocação Assembléia Geral Ordinária


MORADIA E CIDADANIA

A Presidência Executiva da ONG Moradia e Cidadania, no cumprimento de suas atribuições, convoca a Assembléia Geral Ordinária 2012, em âmbito nacional, para apreciação das contas referentes ao exercício financeiro de 2008 e 2009. A Assembléia acontecerá via internet no site da ONG, no endereço eletrônico  www.moradiaecidadania.org.br/aprovacaocontas das 09h00m do dia 23/10/2012 às 17h00 do dia 24/10/2012.

Brasília, 20 de setembro de 2012.

 

TEREZINHA MARTINS PARREIRA
Presidente Executiva
ONG Moradia e Cidadania

28 de agosto – Dia do Voluntariado

A Moradia e Cidadania celebrou no dia 28 de agosto, o Dia do Voluntariado.
E aproveita a oportunidade para agradecer a todos os voluntários que se dedicaram para construir um mundo melhor e mais justo!
À todos aqueles que participaram das ações da Moradia e Cidadania, tanto as ações humanitárias, campanhas e projetos quanto as ações indiretas como as doações, muito obrigado!
Somente com sua ajuda as ações da Moradia e Cidadania tornaram-se possíveis.
O Dia Nacional do Voluntariado foi instituído no dia 28 de agosto de 1985, através da Lei Nº 7.352, sancionada pelo então Presidente da República, José Sarney. A partir daí, o dia 28 de agosto é celebrado anualmente.

“Ser voluntario é a expressão de solidariedade e cidadania. O voluntariado é quase sempre uma relação de pessoa a pessoa. Não é uma atividade fria e impessoal. É uma oportunidade de se fazer amigos, viver novas experiências, conhecer outras realidades. Nesta via de mão dupla, o voluntário doa sua energia e criatividade, mas ganha em troca contato humano, oportunidade de aprender coisas novas, satisfação de se sentir útil.”

(Ruth Cardoso)

Desejamos que Deus retribua a todos o esforço empregado nas ações e reconhecemos que mesmo em dia desanso e folga dos que tem suas vidas e emprego. Estivemos trabalhando por um mundo melhor.
À todos nosso Obrigado e Parabéns.
Equipe Moradia e Cidadania MG

Mostre seu lado Voluntário

Seja voluntário por mais de um dia.Chegou o momento que você esperava, agora você pode mostrar para todos como fazer o bem, faz bem!
O Dia do Voluntário – DIA V será celebrado no dia 26 de agosto e você pode fazer parte.
Neste ano realizamos a inscrição de dois grupos: CAIXA-ODM e Moradia e Cidadania.

Mesmo que você não possa participar presencialmente poderá fortalecer nosso time.
Contribua com: leite, fraudas infantis e geriátricas, tênis e chuteiras esportivas

Ao final da campanha realizaremos uma cerimônia de entrega em que VOCÊ será o convidado de honra!

Para entrega dos materiais esportivos realizaremos um jogo solidário nas redondezas do bairro Salgado Filho. Caso queira participar faça contato e garanta sua vaga no banco de reservas.

Contribuições por depósito bancário:
Caixa Econômica Federal
Conta Poupança: 12032-0
Agência: 0935
Operação: 013

Você sabia?
A Moradia e Cidadania foi fundada pelo empregados da Caixa.
Possui ação em todos os estados brasileiros.
Possui um projeto de atendimento prioritário para mulheres*.
Monta laboratórios de informática com software livre.
Desenvolve e apoia projetos da Economia Solidária.
Em setembro completará 12 anos ações sociais com qualidade e respeito às pessoas.
Você pode se associar e ser um voluntário por 365 dias.

Projeto de capacitação para mulheres

Parceria com Instituto Cooperforte para estruturação dos grupos de confecção de Belo Horizonte e Região Metropolitana:

A Moradia e Cidadania através de articulação com diversas parcerias aprovou junto ao Instituto Cooperforte o projeto para estruturação de grupos de confecção de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

O projeto financiado pelo Instituto Cooperforte tem o objetivo de capacitar 40 mulheres para exercício de confecção profissional. A estimativa para início do projeto é para a segunda quinzena de agosto.

A articulação de sensibilização e identificação do público para o projeto abrangeu o envolvimento de 32 grupos de confecção que integram a rede Tecer Minas. O trabalho realizado de forma participativa teve como principal objetivo a leitura e proposição do projeto junto aos grupos.

Esta articulação foi destaque da reunião e plenária mensal da Rede Tecer Minas, no Centro Público de Economia Solidária de Belo Horizonte. Participaram da plenária os representantes dos grupos, representantes da Agência de Negócios e Fomento Solidário – ANEFS, representante do Intituto Marista de Solidariedade Carmem Regina Teixeira e a Coordenadora estadual da Moradia e Cidadania Vânia Debien, dentre outros.

Principais parceiros:
Agência de Negócios e Fomento Solidário
Caixa Economica Federal
Centro Público de Economia Solidária
Fórum Mineiro da Economia Popular Solidária
Prefeitura Municipal de Belo Horizonte
Instituto Cooperforte
Instituto Marista de Solidariedade
Moradia e Cidadania
Rede Tecer Minas