Informativo

Doação para grupos da EPS

Aconteceu no dia 09 de Setembro de 2015 a doação de 10 computadores para a rede de alimentação da economia solidária da região metropolitana de Belo Horizonte.

Foram contemplados os grupos:
ASSOCIAÇÃO DE SALGADEIRAS DA PAMPULHA
PÃO DA VIDA
AMIGOS DA XICA
DELÍCIAS DE ESMERALDAS
BE HAPPY
SABOROSO

A Moradia e Cidadania presta apoio à grupos que integram a economia popular solidária através do coletivo Arte Mostra Solidária que reúne os segmentos de artesanato, confecção, culinária e higiene e limpeza.

Nosso desafio é proporcionar a melhoria da qualidade de vida e a geração de trabalho e renda para os grupos com a promoção de ações que viabilizem a comercialização dos produtos produzidos.

 Integrantes da rede de alimentação da economia popular solidária da região metropolitana de Belo Horizonte

Desafios da Economia Solidária

Nos dias 26 e 27 de junho, representantes do Grupo de Trabalho de Mulheres da Economia Popular Solidária de MG, dos Fóruns regionais, de entidades e dos empreendimentos se reuniram para refletir sobre os desafios e conquistas da Economia Solidária.

Representando a Moradia e Cidadania esteve presente a gerente estadual de administração e finanças Flávia Carvalho.

A Moradia e Cidadania é uma entidade de fomento e assessoria e presta apoio à economia solidária no estado de Minas Gerais através dos fóruns metropolitano de Belo Horizonte e Estadual.

Palestra para CIPA

Foi realizado no dia 06 de novembro, palestra com a temática ambiental “Coleta Seletiva Solidária” para a CIPA dos funcionários da SR-Centro de Minas da Caixa Econômica Federal, em Belo Horizonte, pelo assistente estadual de projetos Manuel Alejandro.
Manuel Alejandro - Assistente estadual de projetos
Foram apresentadas informações sobre a parceria da Moradia e Cidadania e a REDESOL, que possui convênio com a superintendência e outras unidades para o recolhimento e destinação correta dos resíduos sólidos em toda a região metropolitana de Belo Horizonte.

Na ocasião foi exibido o filme “MIDWAY – Efeito dos humanos em uma ilha no Oceano Pacífico“, utilizado para sensibilizar os participantes da importância das pequenas contribuições. O vídeo retrata uma ilha com pássaros que acabam morrendo por confundirem o plástico com alimento.

Convidamos você e todos os colegas a fazer parte desta corrente do bem. Associe-se hoje mesmo! O valor da contribuição é de apenas 1 Tícket alimentação por mês.

Sua contribuição será destina à projetos de credibilidade e transparência.
Participe!

Moradia e Cidadania 14 anos!

Só a participação cidadã é capaz de mudar o país. "Betinho"

Nossa história teve início há 21 anos, período em que a inflação era tão alta que as pessoas compravam hoje o que comeriam no mês seguinte, as cédulas possuíam tantos zeros que era possível ser milionário e, ainda assim, padecer na miséria.

Motivados por um sonho “mudar o mundo”, no mínimo o Brasil, essa foi a centelha que impulsionou à todos.
Membros de organizações juvenis, partidárias e religiosas… Mas foi um homem quem deu sentido à tudo isso e focalizou as ações que estavam sendo feitas, Brasil sem Fome, Comitê Ação e Cidadania e Natal sem Fome. Em meio a tantos nomes um: “Hebert José de Souza”, concebeu e dedicou-se ao projeto Ação da Cidadania contra a Fome e a Miséria e pela Vida.

Junto a ele um grupo de pessoas sensíveis, humanas e acima de tudo com vontade de mudar este cenário. Organizaram-se e fundaram os Comitês da Cidadania. As primeiras ações se fundamentaram na maior necessidade da época: a fome.
Como a mazela era ainda maior e outras áreas também foram detectadas, campanhas diversas se espalharam. Analfabetismo gigante, concentração e distribuição de renda, desemprego…

O comitês envolveram-se em centenas de campanhas, desde o sol escaldante em mutirões para arrecadação e distribuição de alimentos até a construção de moradias debaixo de chuvas incessantes… e perceberam que não possuíam ainda uma estrutura que conseguisse atender aquelas demandas.
O chamamento do Betinho atingiu fortemente toda a sociedade, mas fomos nós, os empregados da Caixa, os primeiros brasileiros a colocar em prática a Ação da Cidadania.

Foi então que em setembro do ano 2000 surgiu a Ong Moradia e Cidadania, criada pelos empregados da Caixa e com representação em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

Hoje é aniversário de fundação da Moradia e Cidadania, mas os parabéns são direcionados à você que faz parte desta história e esforço em busca do sonho de acordar em um mundo melhor e mais justo para todas as pessoas.

Parabéns!

Toma posse em Brasília Conselho Fiscal Nacional

Aconteceu no dia 11 de outubro de 2013 a cerimônia de posse dos novos conselheiros fiscais nacionais. O encontro foi realizado nas dependências da Moradia e Cidadania em Brasília/DF, onde estiveram presente membros da Comissão Eleitoral juntamente com os conselheiros fiscais titulares e suplentes.

O evento contou com a participação da presidente da Moradia e Cidadania, Rosangela Lima, a Gerente Nacional de Adm. e Finanças, Rejane Maria, bem como os representantes da Comissão Eleitoral: Sílvio Pereira e Júlio Maria. Dentre os conselheiros titulares estavam Altivo Goularte (RS) e Carlos Alberto (BA). Empossados como conselheiros suplentes: Ana Maria Teixeira (MG), Jaime Cora (DF) e Auderico Souza (SP).

Durante o encontro, Altivo Goularte foi eleito como presidente do Conselho Fiscal. Logo, os participantes foram convidados para um lanche da tarde, onde reafirmaram o compromisso de fazer um trabalho consciente e responsável.

 

cerimônia de posse dos novos conselheiros fiscais nacionais

cerimônia de posse dos novos conselheiros fiscais nacionais

Toma posse nova presidente da Moradia e Cidadania

A ONG Moradia e Cidadania torna público que Rosangela Lima de Albuquerque tomou posse como presidente executiva no início de outubro. Aposentada pela Caixa Econômica Federal desde 2010, Rosângela associou-se à ONG em 1996. “Já atuei como voluntária em alguns projetos na época em que ainda não era ONG e fiz parte do Comitê de Brasília na gerência administrativa entre 1996 e 1997”, afirma.

Moradora de Brasília – DF, Rosangela é psicóloga e dedica parte de seu tempo atendendo adolescentes e adultos. A presidente garante que sua motivação é o desejo de contribuir para o bem estar da humanidade e colaborar com pessoas que já atuam com sucesso na ONG.

A Moradia e Cidadania deseja à presidente uma excelente gestão!

Rosangela Lima de Albuquerque

Rosangela Lima de Albuquerque - Presidente Moradia e Cidadania

Processo seletivo para Presidente Executivo

Aos associados da ONG Moradia e Cidadania:
Em função do pedido de dispensa da Presidente Executiva, TEREZINHA MARTINS PARREIRA, informamos a abertura de processo seletivo para Presidente Executivo da ONG Moradia e Cidadania, cargo voluntário com exercício em Brasília.

COMISSÃO DE SELEÇÃO:
Conforme decisão do Conselho Deliberativo, constante na ATA nº 07, reunião realizada em Brasília, nos dias 30 e 31/03/2011, a Comissão de seleção é constituída por dois conselheiros dentre os conselhos Deliberativo e Fiscal, dependendo da disponibilidade de Conselheiro Fiscal, por estar este em renovação, e um Coordenador Estadual, escolhidos por seus pares.
(mais…)

Encontro Nacional dos Coordenadores e posse do Conselho Deliberativo

A Ong Moradia e Cidadania realizou nos dias 3 a 5 de maio de 2013 em Brasilia/DF o Encontro Nacional dos Coordenadores e na ocasião deu posse ao Conselho Deliberativo Nacional.

Foram discutidas estratégias de Marketing visando ampliar a base de sócios dos empregados Caixa, presença em eventos dos empregados da ativa e dos aposentados a nivel regional e em eventos nacionais.

O projeto nacional de geração e renda: A Costura solidária (nome sugerido, mas ainda não determinado) será implantado até o final do ano em alguns estados pilotos e Alagoas receberá uma versão para implantar no estado, o projeto já esta formatado e foi elaborado pela equipe de projetos da Coordenação de SP.

Também fez parte da pauta a implantação definitiva do SGO-Sistema de Gestão de Ong´s com previsão até meados de junho deste ano em todas as coordenações. A efetivação do sistema que vem sendo utilizado permitirá mais transparência das ações que são desenvolvidas para o poder público, associados e conselho.

Eleições para o Conselho Deliberativo


A Moradia e Cidadania torna público que promoverá eleições entre os seus associados, por meio de voto direto, para o preenchimento de sete vagas no Conselho Deliberativo e respectivos suplentes, em observância ao que determina o Estatuto Social.

Poderão participar do processo eleitoral, na condição de candidatos, os associados da Moradia e Cidadania, pertencentes às categorias de associado fundador e de associado contribuinte, admitidos até o dia 14/12/2012.

As inscrições dos candidatos serão realizadas mediante requerimento do candidato ou do representante legal, junto à Comissão Eleitoral, em Brasília, devendo ser encaminhadas para o e-mail comunicacao@moradiaecidadania.org.br , no período de 07 a 18 de janeiro de 2013.

As eleições serão realizadas nos dias 14 e 15 de março de 2013, por meio de sistema eletrônico a ser divulgado posteriormente.

Inscrições Abertas de 07 a 18 de janeiro

O Regulamento do Processo Eleitoral, bem como as demais comunicações pertinentes, serão disponibilizadas no site da Moradia e Cidadania: www.moradiaecidadania.org.br